Instagram Apresenta REELS, Sua Arma Contra O TikTok | Agência Rebu
Escolha uma Página

No último dia 23/6 o Instagram apresentou aos usuários brasileiros a nova função Reels, sua arma contra o aplicativo TikTok, que virou febre entre o público mais jovem e muitas celebridades, principalmente durante o distanciamento social exigido pela pandemia do novo corona vírus. Não tem como negar que os vídeos curtos caíram no gosto das pessoas e invadiram os celulares com momentos de muito humor, danças, dublagens e zoeiras.

O Instagram Reels – que em inglês significa bobinas ou carretéis – ainda está em fase experimental porque é, na verdade, uma evolução da função Cenas, que também estava em teste exclusivo no Brasil, nos últimos meses. Além do Brasil, o Reels está sendo testado na França e na Alemanha.

Como Tudo Começou?

O sucesso dessa onda de rede social de vídeos curtos teve início na China, em 2016. O primeiro nome da rede hoje conhecida como TikTok foi Douyin e a expansão para o resto do mundo aconteceu em 2017, já com o novo nome, com as mesmas funções do Douyin, porém, sem os filtros exigidos pela censura do governo chinês. Em novembro de 2017 a ByteDance, startup criadora do TikTok, comprou o app Musical.ly, muito popular entre os jovens dos Estados Unidos. Os dois aplicativos foram unificados e em 2018 o número de downloads no App Store superou o do Instagram e WhastApp. Em 2019 foi o aplicativo mais baixado no mundo, com 738 milhões de downloads, superado apenas pelo WhatsApp.

Entre pessoas anônimas e famosas, o TikTok viu seu número de usuários crescer vertiginosamente durante o período de quarentena, justamente porque as pessoas precisam ficar em suas casas e estão aproveitando esses momentos para interagir nas redes sociais. No caso dos famosos, o aplicativo virou ferramenta para que pudessem continuar mostrando seu trabalho e muitos deles conseguiram cobrar cachê com a produção de vídeos.

E O Instagram?

Bom, o Instagram viu sua preferência e audiência ameaçadas pelos milhões de vídeos criados e publicados porque o TikTok trouxe uma nova experiência para os usuários de redes sociais, principalmente entre os mais jovens – 41% dos usuários da rede possuem entre 16 e 24 anos, público conhecido como Geração Z.

Diante desse quadro bastante representativo, Mark Zuckerberg tratou de correr atrás do prejuízo e criar uma ferramenta que tivesse as mesmas funções e interatividade do forte concorrente.

Como Funciona O Reels?

Como já dissemos, o Reels é uma evolução da antiga função Cenas que permite criar vídeos curtos com recursos bastante parecidos com os disponíveis no TikTok – os vídeos têm duração de 15 segundos e podem ser publicados nos Stories e na aba Explorar da rede social. Entre as opções de edição estão a possibilidade de colocar músicas da biblioteca do Instagram, adicionar efeitos, temporizador e a função de juntar trechos de diferentes vídeos em um único trabalho.

Para começar a criar o vídeo, basta que o usuário abra a câmera que aparece quando acessa o Stories e clique na opção Reels. Já na primeira tela vai surgir um menu de opções: Audio, Speed, Effects e Timer. Com esse menu o usuário consegue brincar de videomaker e criar vídeos muito divertidos, sem qualquer dificuldade.

Agora que a gente já explicou tudo, é só se inspirar e colocar a criatividade em ação!

Falando em Reels, já segue a gente no instagram? @AgenciaRebu